»
Chorei três horas, depois dormi dois dias. Parece incrível ainda estar vivo quando já não se acredita em mais nada. Olhar, quando já não acredita no que se vê. E não sentir dor nem medo porque atingiram seu limite. E não ter nada além deste amplo vazio que poderei preencher como quiser ou deixá-lo assim, sozinho em si mesmo, completo, total. Até a próxima morte, que qualquer nascimento pressagia.
Caio Fernando Abreu.   (via distanciava)
Não confunda “já estudei isso” com “aprendi isso”.
Sou desastrada, não tenho o corpo perfeito, me esqueço das coisas rápido, gosto muito rápido das pessoas, meu cabelo é bagunçado. Sempre fico chateada quando falam mal de mim, mas tento ser forte. Às vezes sou antagônica, mas uma coisa que eu nunca vou conseguir ser é normal
Kristen Stewart.  (via nobroke)
Eu não sou difícil de entender. A verdade é que eu sou bem fácil de lidar. A verdade é que se eu gosto, eu gosto mesmo. E corro atrás, e me desculpo, e piso em cima do meu orgulho e às vezes até de mim. A verdade é que quando eu amo, eu não sei mentir. E me entrego mesmo, e me coloco num cantinho qualquer, não olho para os lados, e sem perceber já vou, já fui, já nem tô mais, nem nunca estive.
Casebre.  (via nobroke)
As tuas dores, menina, não podem ser maiores do que a tua esperança.
Laureane Antunes. (via encarrilar)
Erre. Todo mundo pode errar. Mas admita, assuma e corrija. Errar é humano, ser covarde não.
Dulce Maria. (via revejo)
© theme